Secretário diz que troca de ministros poderá gerar “estrangulamento” do SUS

Gilberto Figueiredo afirmou que demandas solicitadas por estados para lidar com a crise do novo coronavírus continuam sem resposta

Gilberto Figueiredo admitiu que a orientação de atendimento somente a sintomas graves não se ajusta ao cenário atual da pandemia em Mato Grosso (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, disse nesta terça-feira (19) que a troca seguida de ministros da Saúde deverá gerar “aumento de clamor” de estados e municípios por resposta aos pedidos relacionados à pandemia do novo coronavírus. 

Segundo ele, a suposta falta de ação consistente no setor poderá gerar “estrangulamento” do Sistema Único de Saúde (SUS), num momento de crise nacional. 

“Nem sei se dá para falar que o ministro [Nelson Teich] saiu. Ele sequer chegou, sequer teve tempo para se inteirar da situação do ministério e da crise da pandemia e já saiu. Ficou menos de um mês”, criticou. 

Gilberto afirmou que demandas solicitadas por estados para lidar com a crise da pandemia continuam sem resposta pelo Ministério da Saúde. São pedidos sem resposta ou serviço que ficaram pelo caminho por causa da crise política iniciada ainda na gestão do ministro anterior, Luiz Mandetta. 

“A falta de uma condução nacional traz estrangulamento para o sistema de saúde. Não pode ficar à deriva sem a escolha rápida de um ministro para lidar com situação”, disse. 

Ele citou como exemplo para Mato Grosso o envio de dez leitos para reforçar o serviço em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em hospitais de referência no tratamento da covid-19. 

Contudo, eles vieram sem respiradores mecânicos para auxiliar pacientes com quadro grave da doença. Em outra ocasião, o secretário afirmou que, desse modo, os leitos “sequer podem ser considerados de UTI”. 

O ex-ministro Nelson Teich deixou o cargo na semana passada, quatro semanas após a saída de Luiz Mandetta.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInteligência emocional na Saúde
Próximo artigoVai disputar as próximas eleições? Veja o que mudou