Sargento da PM é preso acusado de manter relações sexuais com a filha de 10 anos

Criança contou à polícia que vinha sofrendo abusos reiteradamente

Imagem ilustrativa

Um sargento da Polícia Militar de 42 anos, que mantinha relações sexuais com a própria filha desde os seus sete anos de idade, teve o mandado de prisão cumprido nessa segunda-feira (3) após investigações da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher Criança e Idoso de Várzea Grande.

O suspeito tinha a guarda da filha, atualmente com 10 anos de idade, com quem mantinha relações sexuais reiteradamente.

O fato foi revelado após familiares desconfiarem dos abusos e em conversa com a menina conseguirem a confirmação de que o pai mantinha relações sexuais com ela. Após receber a comunicação dos fatos, a equipe da DEDMCI-VG iniciou as investigações e, por meio da oitiva especial, a menor deu detalhes de como ocorriam os abusos.

Diante dos fatos, o delegado da DEDMCI-VG, Afonso Monteiro da Silva Junior, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida, nessa segunda-feira (3), com apoio da Polícia Militar.

Ele foi conduzido à Delegacia da Mulher de Várzea Grande e, ao ser interrogado, negou os fatos. Após as providências cabíveis, ele será conduzido nesta terça-feira (4) para audiência de custódia.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem sofre tentativa de assassinato após sair com uma mulher casada
Próximo artigoFake news de novo pico