Sanidade é tema central de Workshop gratuito voltado para a suinocultura

Peste Suína Africana, Peste Suína Clássica e Febre Aftosa são algumas das doenças tratadas no workshop que acontece nesta quinta em Cuiabá

A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) e as principais lideranças do Mato Grosso vão produzir o Workshop Estadual “Doenças Virais de Importância na Produção de Suínos”. O evento é gratuito e será realizado nesta quinta-feira (19), no auditório do SENAR, no Centro Político Administrativo, e a programação inicia às 08h e vai até às 18h30.

O público alvo são os profissionais que atuam nas diversas etapas da cadeia produtiva de suínos, e os interessados devem confirmar presença pelo telefone da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) – (65) 3624 8125.

O Workshop é Realizado em conjunto com Acrismat, Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (Abegs) e a Associação Brasileira de Médicos Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (FAMATO)

Este treinamento faz parte de uma ação realizada pela ABCS, que acontece em vários estados do Brasil, o Workshop trata das principais doenças virais na produção de suínos, como por exemplo, Peste Suína Africana (PSA) e Clássica (PSC), e visa capacitar médicos veterinários e demais profissionais do campo que atuam na produção suinícola. Durante o segundo semestre, mais de 10 estados brasileiros receberão os treinamentos.

O presidente da ABCS, Marcelo Lopes explica que a iniciativa visa integrar os representantes da cadeia com o objetivo de mitigar riscos. “Os recentes casos de PSA e de PSC no Ceará e no Piauí convergiram esforços da iniciativa privada para prevenir e controlar os fatores de riscos na possível entrada de doenças no Brasil, ou seja, um trabalho em conjunto em prol de toda a suinocultura nacional”.

As palestras serão ministradas pela especialista em epidemiologia das doenças infecciosas, a doutora em medicina veterinária, Masaio Mizuno Ishizuka. Para a diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke o Workshop é uma forma de harmonizar as informações entre o setor privado e o serviço veterinário oficial, e assim manter a sanidade da produção suinícola nacional. Ludtke explica ainda que as capacitações irão contar com material técnico de apoio, que estão disponíveis no site da ABCS.

Já o presidente da Acrismat, Itamar Canossa reforça a importância da participação de todos os profissionais envolvidos na suinocultura em Mato Grosso, principalmente por conta dos acontecimentos recentes registrados na China e até menos no norte do Brasil. “É um evento rico em conhecimento, e conhecimento é fundamental para o momento em que vivemos onde a biosseguridade para proteger o plantel é essencial. Para nós, que estamos na Zona Livre da Peste Suína Clássica desde 2016 é mais uma oportunidade para que nossos profissionais se mantenham atualizados no assunto”, destaca.

Todos os eventos itinerantes são gratuitos e contam com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), da Embrapa Suínos e Aves, do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), das Federações da Agricultura e das Afiliadas da ABCS.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCCAB Agro firma parceria com a Geodrone e investe em agricultura digital
Próximo artigoBombardeio na Arábia Saudita faz Petrobras elevar preço da gasolina e do diesel

O LIVRE ADS