Saiba se você tem direito ao benefício para famílias carentes do Governo de MT

Usuário pode acessar o site da Secretaria para saber se está contemplado com o benefício

Cartão Ser Família Emergencial - Foto por: João Reis/Setasc

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) disponibilizou canais de atendimento para informação sobre o programa Ser Família Emergencial. Os primeiros cartões começarão a serem entregues nesta quinta-feira e sexta-feira (29 e 30 de abril) para 12 mil famílias extremamente carentes de Cuiabá.

Para saber se tem direito ao auxílio, o interessado pode acessar o site da Setasc, pelo endereço eletrônico www.setasc.mt.gov.br, clicar no banner com o nome do programa e digitar o CPF.

Se for contemplado, terá acesso ao local de entrega do cartão. No total, serão 19 pontos de entrega espalhados pela Capital. Também foram disponibilizados telefones de contato para o usuário que não tiver acesso a internet: (65) 3613 5774 / 5746 / 5732 / 5711 / 5723 e 5712.

O benefício será liberado para pessoas que tenham renda familiar até R$ 70 per capita por mês. É necessário também ser inscrito no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico).

O auxílio será destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos a base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

A iniciativa do Governo do Estado, que é acompanhada de perto pela primeira-dama Virginia Mendes, é um auxílio para atender famílias de baixa renda que passam dificuldades por conta da pandemia da covid-19.

Em todo o Estado, serão beneficiadas mais de 100 mil famílias, que vivem em situação de vulnerabilidade extrema, dos 141 municípios de Mato Grosso.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLiminar do STF obriga realização do Censo 2021
Próximo artigoPF deflagra operação para desarticular esquema de tráfico de drogas