Saiba onde encontrar atendimento gratuito em Cuiabá se estiver com síndrome gripal

Unidades de atendimento estão espalhadas por toda Cuiabá

Imagem Ilustrativa (Foto: Freepik)

Diante do aumento dos casos de Influenza e atendendo as ações do Plano de Enfrentamento à Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave, elaborado a pedido do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, pelos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, todas as unidades básicas de saúde vão atender as pessoas que procurarem atendimentos por síndrome gripal, sem necessitar de agendamento. O planejamento foi divulgado pelo prefeito no dia 24 de dezembro.

Para isso, a quantidade de consultas agendadas diariamente será menor. As UBS atendem de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Já as unidades Centro de Saúde do Tijucal, UBS Parque Ohara, Clínica da Família e UBS Ilza Terezinha Picolli atendem das 7h às 21h. O Centro de Saúde Ana Poupina atenderá exclusivamente pessoas com síndromes gripais.

A orientação é para que as pessoas que tenham casos leves, como coriza, mal-estar, febre, diarreia e dificuldade respiratória leve procurem atendimento nas unidades básicas, espalhadas por toda a capital, para não superlotar as unidades de Pronto-Atendimento. Caso o médico classifique o paciente como moderado ou grave, ele será encaminhado para uma UPA ou Policlínica.

LEIA TAMBÉM

Já as pessoas com sintomas moderados ou graves devem procurar atendimento nas unidades de Atenção Secundária (UPA Verdão, UPA Morada do Ouro, UPA Pascoal Ramos, Policlínica do Planalto, Policlínica do Coxipó ou Policlínica do Pedra 90).

Aqueles que tiverem indicação de internação, serão encaminhados para o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (antigo PS) ou para o Hospital São Benedito. Os dois hospitais têm leitos exclusivos para atendimento destes pacientes.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem é preso por matar o namorado da mãe a facadas em MT
Próximo artigoGCCO investigará recusa de policiais penais em receber presos nas unidades prisionais