Saberes populares e plantas medicinais podem ser aliados contra a covid-19

Cartilha feita por professores e estudantes da UFMT reúne os hábitos e saberes populares com o conhecimento científico

(Foto: Divulgação)

Jatobá, alecrim, eucalipto, moringa, erva-de-santa-maria… A lista com as ervas e plantas medicinais usadas pelas comunidades tradicionais de Cuiabá é extensa. Alinhados aos conhecimentos científicos, os saberes e hábitos de comunidades tradicionais podem ser aliados contra a covid-19.

Essa a ideia de uma cartilha desenvolvidas por professores es estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O trabalho reúne dados sobre as principais plantas medicinais e hábitos de saúde de comunidades tradicionais da Grande Cuiabá. O guia com as plantas e ervas medicinais é um aliado e contribui para melhorar a imunidade durante a pandemia.

A cartilha “Como posso aumentar a minha imunidade em tempos de Coronavírus” aborda o manejo, a higienização, prós e contras e preparo de plantas . Além disso, traz uma checagem de “fake news” sobre cada uma dessas ervas.

LEIA TAMBÉM

As propriedades medicinais e características nutricionais de alimentos tipicamente utilizados na culinária cuiabana, como banana, mandioca e cúrcuma também são detalhados na pesquisa.

O trabalho foi feito em conjunto com profissionais das Unidades Básicas de Saúde nas comunidades de Nossas Senhora da Guia e do Aguaçu.

(Foto: Divulgação)

“O que identificamos é que muitas famílias utilizam plantas da região, além de rezas e benzeções, em sua cultura de hábitos de saúde”, explica um dos tutores do programa, professor Neudson Johnson Martinho.

O resultado da pesquisa faz parte do projeto de extensão “Autocuidado, ações interprofissionais para promoção de saúde em comunidades tradicionais”.

A cartilha com todas as informações pode ser acessada, clicando aqui.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno contrata 530 profissionais de saúde para atuar no combate à covid-19
Próximo artigoFábricas de chocolate de Gramado

O LIVRE ADS