Rússia retira restrições e volta a comprar carne brasileira

Ministro da Agricultura comemorou a decisão e agradeceu aos servidores

Ilustrativa

O órgão regulador de segurança na agricultura da Rússia disse nesta quarta-feira que permitirá importações de carnes suína e bovina de nove fornecedores do Brasil a partir de amanhã, 1º de novembro.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que já recebeu a notícia da reabertura do mercado Russo e comemorou o feito. “Estamos todos muito felizes”, disse.

Ele também agradeceu ao presidente Michel Temer “por ter se empenhado pessoalmente”. E estendeu os cumprimentos a todos os produtores, frigoríficos e “ao meu time do Mapa, ao nosso Embaixador na Rússia, Antônio Salgado e também nosso adido Agrícola Cosam Coutinho. Viva o Agro Brasileiro”, finalizou.

A Rússia havia colocado restrições temporárias para importações de carnes suína e bovina do Brasil em 2017, em razão do uso de ração com o aditivo ractopamina, uma alegação que grupos da indústria brasileira de carne negaram.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDesemprego fica estável em 17,3% em São Paulo, mostra DieeseC
Próximo artigoRestaurante árabe mais premiado do Brasil fecha as portas em Cuiabá