Ruas mais vazias: multas por excesso de velocidade crescem 72% na quarentena

Somente em abril foram emitidas 9.061 multas a motoristas que trafegaram por Cuiabá sem respeitar o limite de velocidade

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O volume de multas por excesso de velocidade aplicadas em Cuiabá aumentou 11,7% durante os dias mais restritivos da quarentena. A situação mais comum foi o flagrante de motoristas que dirigiam até 20% acima da velocidade permitida.

Um relatório da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) contabilizou 13.237 infrações por excesso de velocidade na Capital apenas em março e abril. E a curva foi ascendente também na comparação entre esses meses.

O mês passado acumulou, somente em uma modalidade, o total de infrações verificadas  em março. Conforme a Semob, em abril foram emitidas 9.061 multas a motoristas que dirigiram pelas ruas sem respeitar o limite de velocidade.

Eles foram flagrados em velocidade média de 48 km/h em pista cuja máxima seria até 40 km/h e em 72 km/h em pista de 60 km/h.

No mês anterior, o volume desse mesmo tipo de penalidade foi de 2.954 (-67%), lembrando que a maior parte de março foi atravessada sem o decreto de isolamento social. O regime entrou em vigor a partir do dia 20.

Os números de abril também são maiores na comparação com 2019. No mesmo mês do ano passado, a Semob aplicou 5.262 multas a motoristas que cometeram a mesma infração. O aumento em 2020 foi de 72%.

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Infratores mais velozes

A Secretaria de Mobilidade Urbana também classifica a infrações de velocidade para as ocorrências acima de 20% e 50% do permitido em cada avenida.

Neste ano, elas somaram 1.222 ocorrências, também durante os dias em que houve menor circulação de pessoas pelas ruas. Mas, neste caso, o número foi 10% abaixo do registrado em 2019.

Em março e abril do ano passado, foram aplicadas 1.357 multas.

Ainda conforme a Semob, em outro levantamento, o fluxo de circulação de carros por Cuiabá caiu 50% durante os 40 dias em que vigorou o decreto de restrição quase total de pessoas nas ruas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAssaltado, jovem registra BO revoltado: “Trabalhei feito um condenado para receber esse dinheiro”
Próximo artigoClique animal: fotógrafo autodidata registra cenas selvagens do Pantanal