Roubo a casas de luxo: um alvo da Operação G-Cross ainda é procurado

Alvo de mandado de prisão, o rapaz conseguiu fugir das forças policiais. No total, cinco pessoas foram presas

A polícia segue em busca de um dos alvos da Operação G-CROSS, deflagrada na manhã desta quinata-feira (5) para desarticular um grupo criminoso que roubava casas de luxo na Capital.

O suspeito em questão é alvo de um mandado de prisão e conseguiu fugir.

Ao todo, quatro pessoas identificadas como membros da organização foram presas: Maurício Taques da Silva, Gabriel Soares de Deus, Mizael Rodrigues da Mota e Gabriel Dias de Souza.

A identidade do foragido não foi divulgada pela polícia.

Os 5 suspeitos seriam integrantes do Comando Vermelho.

Uma outra pessoa também foi detida pelo crime de receptação. Ela foi flagrada com o celular do delegado da Polícia Federal Renato Sakamoto.

A casa do delegado, localizada no bairro Santa Rosa, foi invadida pelos grupo em abril deste ano.

LEIA TAMBÉM

O LIVRE entrou em contato com a Justiça Federal para saber se os detidos passariam por audiência de custódia ainda nesta tarde. Porém, as informações não podem ser fornecidas porque o processo está em sigilo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior94% das mortes por covid-19 em MT são de pessoas não vacinadas
Próximo artigoCovid: diário da vacina #63