Rondonópolis recebe R$ 1,04 milhão para continuidade de obras de saneamento

As obras vão beneficiar mais de 16 mil famílias e gerar quase 3 mil empregos

Imagem Ilustrativa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Prefeitura de Rondonópolis vai receber R$ 1,04 milhão para investir em saneamento básico. Serão realizadas intervenções nos sistemas de esgotamento sanitário e de abastecimento sanitário do município. O dinheiro vem do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que autorizou o repasse nesta terça-feira (14).

As obras vão beneficiar mais de 16 mil famílias e gerar quase 3 mil empregos. Haverá intervenções nos Sistema de Abastecimento de Água da sede municipal e ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das bacias B e D/E.

Nesta terça-feira, foram disponibilizados recursos para a Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. O repasse total é de mais de R$ 152,2 milhões.

Investimentos

Desde janeiro, R$ 457,47 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 1,39 bilhão foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor – contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados – é de 1.166 empreendimentos, somando um total de R$ 42,54 bilhões, sendo R$ 24,97 bilhões de financiamentos e R$ 17,57 bilhões de Orçamento Geral da União.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVacina contra a covid: Cuiabá reduz intervalo para dose de reforço de 6 para 4 meses
Próximo artigoPatrimônio Nacional da França apoia estética controversa para Catedral de Notre-Dame