Ronaldinho Gaúcho e Anderson Silva declaram apoio a Jair Bolsonaro

Pelo instagram, o jogador e o lutador declaram apoio ao candidato do PSL

(Reprodução)

Dois atletas famosos declararam apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) nas últimas 24 horas. Pelo instagram, o jogador Ronaldinho Gaucho e o lutador Anderson Silva declararam apoio ao presidenciável.

“Quando o doente vai ao médico e se queixa de dor no peito, na cabeça, febre alta, tontura, mal estar, etc., não basta dar a ele analgésico. Ele pode estar com uma coronária entupida, um câncer, uma depressão profunda…”, escreveu Anderson Silva  na publicação, que termina com uma bandeira do Brasil, um coração e o número 17, de Bolsonaro.

Ainda no domingo (6), Ronaldinho Gaúcho publicou um desenho onde ele aparece com uma camisa de número “17”, em menção ao número do presidenciável.

“Por um Brasil melhor, desejo paz , segurança e alguém que nos devolva a alegria. Eu escolhi viver no Brasil, e quero um Brasil melhor para todos!!!”, escreveu Ronaldinho na legenda da foto.

Confira as publicações

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Ordem e Progresso é a frase que está escrita na bandeira brasileira, e é o lema nacional, desde sua formação, e foi idealizada por Raimundo Teixeira Mendes. 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷 A expressão ordem e progresso é o lema político do positivismo, e é uma forma abreviada do lema de autoria do positivista francês Auguste Comte: “O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim”. O positivismo possui ideais republicanos, como a busca de condições sociais básicas, através do respeito aos seres humanos, salários dignos etc., e também o melhoramento do país em termos materiais, intelectuais e, principalmente, morais . As ruas mostraram e continuam mostrando isso. O povo não tem serviços de saúde adequados, transportes dignos, mas tem 12 sofisticadas e modernas arenas de futebol; “elefantes brancos” poucos usados e que custaram mais de 28 bilhões de reais. A FIFA pediu apenas oito. Não tem hospitais e boas escolas com bons professores; o Estado está inchado e é mastodôntico, os gastos públicos são absurdos, a inflação ressurge, a corrupção é institucionalizada, vários partidos apoiam o governo “a preços altos”, os conchavos políticos são corriqueiros, o número de ministros e de ministérios (39!) é escandaloso, os impostos são escorchantes (levam cinco salários mensais do trabalhador!), o “pão e o circo” tenta enganar o povo, enquanto a impunidade campeia; os grandes ladrões e corruptos não vão para a cadeia (vide Mensalão!). De fato o Brasil é um país muito doente! Mas, como tratar desse enfermo grave? Certamente não adianta dar apenas aspirina a esse doente. É preciso descer às causas profundas de sua enfermidade. Não há solução fácil para problema difícil. Quando o doente vai ao médico e se queixa de dor no peito, na cabeça, febre alta, tontura, mal estar, etc., não basta dar a ele analgésico. Ele pode estar com uma coronária entupida, um câncer, uma depressão profunda… Diante das manifestações o governo se agita e propõe uma Constituinte e Plebiscito; mais parece uma “cortina de fumaça. Temos o poder pra mudar, Brasil acima de tudo, Deus acima de todos…

Uma publicação compartilhada por Anderson “The Spider” Silva (@spiderandersonsilva) em

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Por um Brasil melhor, desejo paz , segurança e alguém que nos devolva a alegria. Eu escolhi viver no Brasil, e quero um Brasil melhor para todos!!!

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmanuel diz que o filho caiu no gosto mato-grossense
Próximo artigo“A partir de 2ª volto ao trabalho no MTI”, diz Moisés Franz, prevendo o fracasso nas urnas