Rogério Salles: “Taques paga o preço por não ter feito um governo político”

    (Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

    Ao chegar agora pela manhã ao Hotel Fazenda Mato Grosso, Rogério Salles (PSDB), que chegou a ser cotado para vice na chapa encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB), criticou a forma de fazer política do correligionário.

    “A debandada ocorreu pela forma como ele optou de fazer política. Optou por fazer um governo sem fazer muita política e agora, na hora de definir a coligação, isso pesa. É o preço que ele paga por não fazer um governo político”, disparou.

    Segundo Rogério Salles, o grupo formado pelos dissidentes desfrutou do Governo e agora está numa chapa alternativa.

    “O Pedro optou por pagar esse preço. Vamos ver o resultado. Espero que, com essa opção, ele consiga ser reeleito”, completou.

    Ex-governador e candidato derrotado ao Senado em 2014, Salles não está na disputa neste ano e disse que irá ajudar na campanha do governador, mas não na coordenação.

    Use este espaço apenas para a comunicação de erros





    Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Artigo anteriorPrazo para escolha dos candidatos nas eleições 2018 termina hoje
    Próximo artigoPRTB anuncia general Mourão como vice de Bolsonaro