Revoltado com apreensão de carro, casal xinga agentes de trânsito e ameaça colocar fogo em veículo

Marido e mulher foram presos nessa quinta-feira (16), em Cuiabá, ao “surtarem” durante a apreensão do veículo deles, xingarem policiais e agentes de trânsito da Semob e chegarem a ameaçar colocar fogo no próprio carro, um Fiat Fiorino branco.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para prestar apoio aos agentes de trânsito da Semob, conhecidos como “amarelinhos”. Pouco depois, o Centro de Operações (Ciosp) pediu urgência no auxílio, afirmando que um casal estava ameaçando colocar fogo no próprio veículo.

Ao chegar ao local, na Avenida Lava Pés, em frente ao Goiabeiras Shopping, em Cuiabá, os policiais conversaram com os agentes de trânsito, que relataram o que tinha acontecido.

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes estavam fazendo rondas quando viram um acidente e, durante o procedimento comum, perceberam que um dos veículos envolvidos, um Fiat Fiorino de cor branca, estava com os documentos atrasados.

Eles informaram à condutora, de 28 anos, que o carro seria guinchado. Ela ligou para o marido, 32 anos, que chegou em pouco tempo ao local, muito exaltado, tentando impedir o trabalho dos agentes.

Segundo os amarelinhos, ele dizia ameaças como: “eu sei que vocês trabalham com os mesmos veículos e nos mesmos locais”, “eu vou estourar vocês”, “já marquei seus nomes” e “seus bostas”, consta no boletim de ocorrência.

Em determinado momento, o suspeito chegou a ameaçar colocar fogo em seu próprio carro e tentou fugir do local entrando no carro e arrancando bruscamente, só não conseguindo porque tinha um caminhão bloqueando o caminho.

Diante das informações passadas pelos agentes da Semob, os militares tentaram revistar o suspeito, porém, sua esposa entrou na frente e disse que ninguém o revistaria.

“A equipe da PM então verbalizou várias vezes para que ela saísse da frente e em todas as vezes esta se negou, sendo que na última tentativa de pedido a senhora verbalizou: ‘policial otário nenhum manda em mim, ainda mais vocês’”, xingando ainda mais os policiais, segundo o boletim.

Como os dois não obedeciam às ordens da Polícia Militar, ambos acabaram presos e encaminhados à Central de Flagrantes de Cuiabá.

Durante o trajeto para a delegacia, a mulher teria ameaçado prejudicar os policiais militares, dizendo que conhecia oficiais superiores e trataria com eles uma forma de se vingar. A equipe relatou que, dentro da viatura, ela chegou a ligar para algumas pessoas pedindo favores que sugeriam a sua liberação imediata.

O caso foi registrado como desobediência, desacato e ameaça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrimeiros socorros auxiliam no salvamento de vítimas de infarto
Próximo artigoCandidato a vice de Taques diz que Carlos Fávaro deveria ter saído antes do Governo