Retomar dinheiro de corrupto funciona mais que prisão, diz AGU

Advogado-geral da União, Mendonça conta que a expectativa do governo é reaver R$ 25 bilhões

O advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, afirmou que recuperar dinheiro de corrupção ainda é muito difícil no Brasil e no mundo. Mas ressaltou que devolver os valores aos cofres públicos funciona mais do que simplesmente mandar a pessoa para a prisão.

“Porque na cadeia, depois de um tempo, ela [a pessoa condenada] pode sair e usufruir daquele patrimônio. Recuperando o dinheiro, você tira todo um estímulo à prática da corrupção.”

Ele foi entrevistado pela jornalista Roseann Kennedy, do programa Impressões, da TV Brasil. Mendonça disse ainda que, com a soma do valor a ser devolvido aos cofres públicos nos próximos dois anos e do montante recuperado no ano passado, a expectativa do governo é reaver R$ 25 bilhões, frutos de acordo de leniência.

Clique aqui e confira a transcrição da entrevista na íntegra. 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMatt Groening dá indícios sobre sequência do filme dos Simpsons
Próximo artigoO dilema de Allan