Reprovação mantida

TSE nega recurso e contas de campanha de Selma Arruda são julgadas irregulares

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou recurso da senadora cassada Selma Arruda e manteve as contas de campanha de 2018 julgadas como irregulares. A decisão unânime foi proferida em sessão virtual realizada no período de 25 de junho a 1º de julho deste ano.

A defesa de Selma Arruda recorria contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso, que reprovou as contas de campanhas por indícios de irregularidades na relação de despesas e receitas apresentadas a Justiça Eleitoral.

Por conta de arrecadação de dinheiro no período proibido pela Justiça Eleitoral, Selma Arruda, que se notabilizou enquanto juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá condenando políticos e membros do crime organizado de Mato Grosso, foi cassada pelo TSE em dezembro de 2019.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Secretários fechados”
Próximo artigoALMT cria fundo que poderá captar R$ 1 bilhão para empréstimos