Renda solidária atrasada

Após dois meses do anúncio do programa, prefeitura deverá pagar duas parcelas na próxima semana

A Prefeitura de Cuiabá deverá pagar na próxima semana 950 trabalhadores que tiveram a renda afetada pela restrição de pessoas durante a quarentena e estão cadastrados na rede de assistência social do município. 

Cada beneficiário receberá três parcelas de R$ 500 pelo programa cunhado de Renda Solidária. Ele foi anunciado há quase dois meses pelo prefeito Emanuel Pinheiro, mas até o momento nenhum recurso foi liberado. 

Ontem (2), Pinheiro afirmou que problemas no cadastro das pessoas assistidas pelo programa foram a principal dificuldade. Alguns não tinham conta bancária e outros, que possuíam, estão com dívidas com as instituições financeiras. 

Conforme o prefeito, no pagamento da próxima semana deverão ser liberadas duas parcelas e na primeira semana de agosto será quitada a última. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolicial de folga vê assalto, reage, mata dois ladrões e salva vítimas
Próximo artigoBolsonaro sanciona lei que torna obrigatório o uso de máscara

O LIVRE ADS