Reforma tributária

Proposta do governo federal de unificar impostos federais e estaduais será apresentada hoje por Paulo Guedes

Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Edu Andrade/Ascom/ME)

A atenção dos setores econômicos nesta terça-feira (21) está voltada para Brasília. Na tarde de hoje, o ministro da Economia, Paulo Guedes, vai entregar pessoalmente ao Congresso Nacional a tão esperada proposta de Reforma Tributária.

O principal objetivo é unificar os impostos federais e estaduais e criar o Imposto sobre Valor Agregado (IVA) dual.

A unificação dos impostos visa simplificar o emaranhado que é a política tributária brasileira – fator que tem travado o desenvolvimento econômico do país e dificultado atração de capital estrangeiro.

A reforma tributária será a segunda grande reforma realizada pelo governo Bolsonaro. A primeira foi a da Previdência, promulgada em novembro do ano passado.

A expectativa é que a reforma tributária auxilie a retomada econômica do país no período pós-pandemia.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Sou empresário e não sou otário. Já fizemos as contas e este vai ser o maior Pacote de Sobretaxação já aplicado na história recente deste país. A atividade econômica será inviabilizada. A CPMF eletrônica não engana ninguém. Toda transação é eletrônica, inclusive o pagamento de tributos. Vamos pagar tributo até sobre pagamento de tributos. Mas o que mais irrita nesta estória toda é acharem que nós empresários somos trouxas de cair neste papinho.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia investiga morte misteriosa de bebê em maternidade de MT
Próximo artigoIntenção de consumo das famílias atinge menor nível em 10 anos