Receba sua recompensa

Por Francisney Liberato

A recompensa é a gratificação de uma ação positiva que geralmente é decidida e aplicada com esforços.

Não há nada mais gratificante do que você se dedicar aos estudos e ser recompensado pela aprovação no exame. Da mesma forma, se você trabalhar, se dedicar com todo o cuidado e zelo, ao final será recompensado com uma promoção.

A recompensa faz parte da vida de qualquer indivíduo que busca por algo, e, portanto, ela é demasiadamente almejada por todos nós. Mas o que podemos sintetizar como recompensa? Recompensa é tudo aquilo que almejamos, tais como: assistir a um filme, sair para comer, degustar uma sobremesa deliciosa, passear, comprar um tênis novo, poder não fazer nada, descansar, ler um bom livro, brincar com o cachorro, passar algum tempo nas redes sociais, dentre outros.

Todas as pessoas têm a chance de serem recompensadas? Creio que sim! Contudo, é necessário que cada um de nós faça a sua parte, isto é, dê a sua contribuição.

Todas as pessoas merecem ser recompensadas? Creio que não. O pai que dá recompensa a um filho que foi reprovado em uma disciplina da escola passará uma mensagem para ele de que não importa o resultado obtido, mesmo assim será beneficiado.

Se, no exemplo dado, os pais lançarem mão dessa postura, de que com esforço as recompensam chegam, é provável que tenham filhos vitoriosos, que assumem responsabilidades e se importam com resultados positivos.

No âmbito do autocontrole, que é a nossa capacidade de gerenciar nossas emoções e comportamentos, a ideia da recompensa deve imperar. Em outras palavras, a cada ação ou atitude controlada devemos receber uma recompensa de nossa preferência.

A recompensa proporciona a cada indivíduo uma motivação extra para continuar com a perspectiva de controle sobre todos os atos e ações emocionais que reprovamos e que podem nos levar a caminhos desastrosos.

Quanto maior o autocontrole, maior deverá ser a recompensa a receber, por outro lado, um controle de menor complexidade deve resultar em um bônus proporcional a ele.

Assim, a cada pensamento negativo controlado nós teremos uma recompensa. O sistema de recompensas fortalece e nos estabiliza para continuarmos desenvolvendo a nossa capacidade de autocontrole. Vencer os impulsos e tentações deste mundo requer esforços e sabedoria de cada ser humano.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2” e “Como falar em público com excelência”. 

http://www.francisney.com.br

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Jantar da impunidade”, diz Moro sobre encontro de Lula e Alckmin
Próximo artigoDo prejuízo ao lucro: o que aconteceu nos Correios e a privatização ainda faz sentido?