Reajuste retido

Municípios ainda não estariam cumprindo a lei que estabelece piso salarial desde 2018

Quase dois anos após a lei que estabelece o piso salarial para agentes comunitários de endemias entrar em vigor, 50% dos municípios de Mato Grosso ainda não começaram a cumprir a lei.

Os salários são pagos pelo governo federal, mas as prefeituras têm retido os valores. Pelo menos é o que afirmar a presidente do sindicato estadual dos agentes, Dinorá Magalhães.

A lei n° 13.708 de 2018 estabelece que o piso de R$ 1,5 mil começasse a ser pago por escalonamento: R$ 1.250 em 2019, R$ 1,4 mil em 2020 e R$ 1.550,00 em 2021.

O salário dos agentes, hoje, permanece em R$ 1.250.

A reportagem aguarda um posicionamento da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) sobre este assunto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSelma Arruda volta ao banco dos réus; CNJ julga reclamação disciplinar
Próximo artigoPreços caindo?

O LIVRE ADS