Rachel Weisz precisa provar que o Holocausto existiu em suspense que estreou na Netflix

O longa é baseado em uma história real

Netflix lançou em seu catálogo de streaming o suspense Negação (Denial), estrelado por Rachel Weisz, Tom Wilkinson e Timothy Spall.

O longa narra a batalha legal em busca da verdade histórica de Deborah E. Lipstadt contra David Irving, que a acusou de calúnia quando ela o chamou de negador do Holocausto. No sistema jurídico inglês, em casos de calúnia, o ônus da prova cabe ao réu. Portanto, Lipstadt precisava provar uma verdade essencial: que o Holocausto ocorreu.

O longa é baseado em uma história real.

Assista ao trailer:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Não tenho obsessão para formar partido”, diz Bolsonaro
Próximo artigoTécnico de informática dá soco e enforca namorada na Praça Popular, em Cuiabá

O LIVRE ADS