R$ 627 mil pelo 2º turno

Trabalho de dez horas para a escolha de novo prefeito envolve mais de 4 mil mesários e mil computadores

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Contribuintes de Cuiabá estão pagando R$ 627 mil para a realização do segundo turno para a escolha de seu prefeito.

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), esse valor está distribuído por vários serviços, de mobilização de mesário a conectividade das urnas eletrônicas. 

O valor mais expressivo, cerca de R$ 250 mil, foi destinado para alimentação das pessoas envolvidas no processo, distribuídas por 158 locais de votação e quatro zonas eleitorais. 

Também estão em serviço 1.109 urnas eletrônicas, mais 80 de contingência, 140 computadores, 4.436 mesários (serviço voluntário) e 1.746 auxiliares.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVereador eleito é investigado por boca de urna em Cuiabá
Próximo artigoJovem precisa passar por cirurgia no rosto após ser agredida por companheiro com capacete