Quinze pessoas são presas por dirigirem embriagadas em Cuiabá

Operação Lei Seca foi realizada na madrugada do feriado de 1º de Maio, na Avenida Getúlio Vargas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Quinze pessoas foram presas por dirigir sob efeito de bebidas alcoólicas durante a Operação Lei Seca, realizada na madrugada do feriado de 1º de Maio, na Avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá. Ao todo, foram recolhidos 30 carros, quatro motos e aplicados 105 testes de alcoolemia. A ação também resultou em 28 CNHs e 13 documentos de carros recolhidos.

A ação conjunta envolveu o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Batalhão de Trânsito, 10º Batalhão, Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Judiciária Civil e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). A operação começou à 1h e foi concluída as 7h15.

O coordenador do GGI, tenente-coronel PM Gibson Almeida Costa Júnior, disse que este ano as operações Lei Seca serão intensificadas em relação ao ano passado. “Elas serão mais rotineiras tanto em Cuiabá como no interior. Além da parte repressiva, vamos trabalhar a prevenção, pois muitos condutores ainda insistem em ingerir bebida alcoólica e assumir a direção do veículo”, enfatizou.

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime. A pena é de detenção que varia entre seis meses a três anos.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

Balanço

Em Mato Grosso, 83 motoristas foram presos em flagrante por embriaguez ao volante até o dia 21 de abril deste ano. Foram realizadas 15 edições da Operação Lei Seca e ao todo foram lavrados 662 Autos de Infração de Trânsito (AIT), 184 habilitações foram recolhidas e 1.665 testes de alcoolemia realizados. A operação foi realizada nos municípios de Cuiabá, Campo Novo do Parecis, Rondonópolis e Sorriso.

De 2015 a 2018 foram 192 operações Lei Seca realizadas em 16 municípios, que resultaram em 696 motoristas presos, a maioria por dirigir sob influência de álcool. Outros 2.880 Autos de Infração de Trânsito (AIT) foram confeccionados por irregularidades do condutor ou veículo.

*Da assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaluf notifica Gilberto Figueiredo
Próximo artigoAdolescente vai tomar tereré com colegas e volta dizendo ter sido estuprada

O LIVRE ADS