Quilombola pode receber comenda do Senado Federal

A honraria é concedida pelo Senado Federal anualmente, e seu nome foi sugerido pelo senador Wellington Fagundes

(Foto: Reprodução)

A luta pela educação de crianças quilombolas pode render a Antônio Benedito da Conceição, conhecido como Antônio Mulato, a comenda Abdias Nascimento. A honraria é concedida pelo Senado Federal anualmente, e seu nome foi sugerido pelo senador Wellington Fagundes.

A comenda é entregue a personalidades que tenham oferecido contribuição relevante à promoção e proteção da cultura afro-brasileira. Cada senador ou senadora indica nomes e uma comissão decide quem deve receber a honraria.

Considerado o homem mais velho de Mato Grosso, com 113 anos completados em junho passado, Antônio Mulato nasceu e vive até os dias atuais no quilombo de Mata Cavalo, município de Nossa Senhora de Livramento (MT). Filho de escravos, ele é considerado líder do quilombo, onde teve 18 filhos e dezenas de netos, bisnetos e tataranetos.

Sua luta pela implantação de uma sala de aula começou na década de 1940, quando seus filhos já estavam em idade escolar e não havia na região um único local onde pudessem estudar. A primeira sala era de barrote, coberta com palhas de babaçu e piso de chão batido. Os alunos apoiavam os cadernos no colo para poder escrever.

Mas a professora não aceitou os filhos de Antônio Mulato e ele teve que recorrer às autoridades locais; ainda assim, a sala de aula funcionou por pouco tempo e os moradores do quilombo tiveram que se reunir para construir um outro espaço, com as aulas sendo ministradas pela professora Tereza Conceição Arruda, filha de Mulato.

Hoje, o quilombo de Mata Cavalo é o único em Mato Grosso que conta com uma escola com 400 alunos, seis salas de aula, inauguradas em 2012 e construída com recursos do Governo Federal. Além da educação, Antônio Mulato também é líder na luta pelo direito à propriedade. Ele luta pela titulação das mais de 400 famílias que moram no quilombo de Mata Cavalo, que já recebeu a certificação pela Fundação Palmares

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCreche corre risco de desabamento e MPE notifica Prefeitura
Próximo artigoJayme Campos critica “política de esculhambação” e palavreado de Taques