|domingo, 27 maio 2018

    Quer curtir o carnaval na rua? Escolha o bloco e caia na folia!

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Rai Reis

    Vem Oyá Jejé

    Bloco carnavalesco ‘Vem Oyá Jejé’

    Com a proposta de ocupar os espaços públicos do Centro Histórico, o carnaval popular dos blocos de rua chega a mais um ano em Cuiabá, destacando temas e personagens da história da cidade. Serão quatro blocos que, juntos, realizam percurso que parte da Praça Santos Drummond à Praça da Mandioca, às 17h30, na próxima terça-feira (13).

    Artistas, jornalistas, comerciantes e agentes da cena cultural da capital mato-grossense se reúnem para fortalecer a cultura regional de forma democrática e independente, a partir de recursos arrecadados com a venda de abadás, e realizam desfile de participação livre para todas as idades.

    Este ano, os blocos também contam com trio elétrico patrocinado pela NET e a Skol, através da parceria com o Mandioca Pub. Sobe nele ainda uma atração nacional diretamente da Bahia, sobre a qual mantém surpresa. “Se quiser saber, terá que ir no dia”, brinca Caique Loureiro, um dos organizadores do evento que articula a vinda da artista convidada.

    Durante o trajeto, os blocos percorrem as ruas Cândido Mariano, a praça da Igreja Boa Morte, a Batista das Neves e a 12 de outubro. E nesta quarta-feira (31), os foliões realizam ainda um “esquenta” de carnaval, a partir das 20h, no Usina Bar (rua Castelo Branco, 285).

     

    Reprodução

    Jejé Oyá

    Bloco que homenageia o carnavalesco Jejá Oyá desfila pela terceira vez na capital

    Os blocos 

    Loureiro também organiza o ‘Bloco da Mandioca’, uma iniciativa da Agência MIC, após realizar shows no local que é tradicional para a cuiabania, durante as edições do ‘Samba de Segunda’ em 2016. O evento trouxe atrações como Mart’nália e Roberta Sá.

    O Bloco ‘Imprensando o Bebum’ também faz parte da celebração, retomando a tradição da velha guarda dos jornalistas mato-grossenses que já se organizam durante o carnaval fazendo emergir o espírito boêmio da categoria.

    Segundo a jornalista e rainha do bloco carnalesco, Priscila Mendes, o Sindicato dos Jornalistas voltou a colocar o bloco na rua no ano passado. Além da folia, a intenção é levar às ruas importantes reivindicações da categoria. “Este ano a carteira de trabalho será nossa principal alegoria por melhores condições trabalhistas”, afirma.

    O Bloco ‘Vem Oyá Jejé’, pioneiro na retomada do carnaval de rua no Centro Histórico, também chega ao seu terceiro desfile, homenageando José Jacinto Siqueira de Arruda, carnavalesco e colunista social que se tornou ícone da diversidade. Negro, pobre e homossexual assumido, Jejé de Oyá desafiou a elite cuiabana e os padrões da época.

    Divulgação

    Divas Cuiabanas

    Bloco ‘Divas Cuiabanas’ vem ampliar a bandeira da diversidade

    O carnaval de 2018 será o primeiro ano do Bloco ‘Divas Cuiabanas’, que surge para dar ainda mais visibilidade à bandeira da diversidade, homenageando as personalidades veteranas da comunidade LGBT de Cuiabá. “Foram essas pessoas que conquistaram uma maior abertura que a gente tem hoje”, afirma Jorge Katumba.

    A iniciativa reúne homossexuais, travestis e transexuais que se encontram há muitos carnavais e se organizavam no ‘Vem Oyá Jejé’, com o objetivo de ampliar e democratizar as homenagens, agregando ainda mais divas e fortalecendo a união dos blocos de rua.

    A rainha da vez será o bailarino e coreógrafo Waldeck Curvo, que junto às companheiras se prepara para dar brilho e cor ao carnaval cuiabano em cima do salto. “A gente não é uma escola de samba, mas estamos montando fantasias, adereços, a gente ensaia e tem comissão de frente”, garante.

    Para contribuir com a festa os abadás estão sendo vendidos por R$30, ou R$50 (casal) pelo (65) 99274-1456.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    X