Quer começar 2021 no azul? Programa de educação financeira pode ajudar

Este ano, o evento ocorre virtualmente entre os dias 23 e 29 de novembro, com o tema "Resiliência Financeira: Como atravessar a crise?"

(Foto: jcomp - br.freepik.com)

Com o propósito de cooperar para uma vida financeira sustentável, o Sicredi lança nacionalmente seu programa de educação financeira “Cooperação na Ponta do Lápis”. Composto por ações planejadas de modo que atendam necessidades de jovens, crianças e adultos, a iniciativa busca levar educação financeira para as regiões em que a instituição financeira cooperativa atua, apoiando diretamente os associados e as comunidades locais.

O Programa foi criado e está sendo implementado de maneira conjunta entre as cooperativas, centrais e a Fundação Sicredi, aproveitando todo o conhecimento e experiência dos profissionais da instituição sobre o tema. Por meio de uma metodologia própria, a iniciativa fornece subsídio para nortear a realização de ações de educação financeira em toda a área de atuação do Sicredi, que hoje está presente em mais de 1,4 mil municípios em 23 estados e no Distrito Federal.

Nas áreas de atuação do Sicredi nas regiões Centro-Oeste e Norte, que inclui os estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Acre e Amazonas, a instituição possui mais de 530 mil associados, com presença em 152 municípios, onde mantém 201 agências e um escritório regional, em Cuiabá (MT).

Na região, as nove cooperativas que integram a Central Sicredi Centro Norte vão realizar uma série de atividades educativas, em que serão compartilhadas boas práticas e informações capazes de proporcionar aos envolvidos uma vida financeira mais equilibrada, orientada para melhorar a relação das pessoas com o dinheiro.

LEIA TAMBÉM

“Com o Programa Cooperação na Ponta do Lápis reforçamos e conferimos maior unicidade às nossas ações em prol da educação financeira das pessoas. Também se trata de uma maneira de impulsionarmos o crescimento dos nossos associados e das comunidades, contribuindo para uma sociedade melhor”, explica João Tavares, presidente executivo do Banco Cooperativo Sicredi.

O presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof, acrescenta que a instituição financeira cooperativa oferece produtos e serviços financeiros aos associados, mas tem um diferencial, que é a orientação consultiva, focada na saúde financeira deles. “Isso faz parte do propósito e da missão do Sicredi, de construir uma sociedade mais próspera, melhorar a qualidade de vida dos nossos associados e das comunidades. E este programa é uma forma de materializar a nossa missão”.

Atualmente, em mais de 200 municípios do país o Sicredi é a única instituição financeira presente e utilizará essa capilaridade para levar, por meio do Cooperação na Ponta do Lápis, educação financeira com conteúdos baseados na economia comportamental, área de conhecimento que vem ampliando e enriquecendo os estudos sobre como as pessoas tomam suas decisões. Assim, para gerar resultados práticos, busca proporcionar uma melhor compreensão dos hábitos em relação às finanças, indo além de conhecimentos técnicos.

Para abordar o tema de maneira leve e divertida, o lançamento do Programa Cooperação na Ponta do Lápis contará com o reforço de ações com a participação de personagens da Turma da Mônica, que abordarão os conteúdos em gibis e desenhos animados criados em conjunto com o Sicredi. A parceria em nível nacional entre a Fundação Sicredi e a Mauricio de Sousa Produções foi iniciada em 2019, quando Mônica e sua turma passaram a compor materiais sobre educação financeira do Sicredi.

Semana da Educação Financeira

Não é de hoje que o Sicredi tem a educação financeira como uma temática fundamental. Prova disso são suas participações em edições anteriores da Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF), que em 2020 marca o lançamento do Programa Cooperação na Ponta do Lápis. Este ano, o evento ocorre virtualmente entre os dias 23 e 29 de novembro, com o tema “Resiliência Financeira: Como atravessar a crise?”.

Números da edição de 2019 da Semana expressam a relevância do Sicredi como participante: a instituição foi responsável por 37% das ações realizadas no Brasil, impactando mais de 4,4 milhões de pessoas em todo o país. Por meio das suas mais de 100 cooperativas de crédito, realizou cerca de 5,5 mil ações em mais de 964 municípios, sendo 73% delas palestras e 22% oficinas, totalizando aproximadamente sete mil horas de capacitações.

Nas regiões Centro-Oeste e Norte, o Sicredi realizou 866 eventos, no ano passado, para associados e não associados, em 140 municípios onde a instituição financeira atua. Os eventos impactaram mais de 32 mil pessoas. “Continuamos com nossas ações de educação ao longo deste ano todo. As cooperativas se mobilizaram e vão realizar várias ações. Até agora, já alcançamos 48 mil pessoas com as ações realizadas pelas nossas cooperativas, mais que o realizado em todo o ano passado. São eventos e ações que visam a mudança do comportamento das pessoas com relação às finanças, para que tenham uma relação saudável com o dinheiro”, complementa Efrain Ricca, gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo da Central Sicredi Centro Norte.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCães testam positivo para o novo coronavírus
Próximo artigoEleitor não pode ser preso a partir desta terça-feira