Quem vai ganhar a Euro 2020/2021?

Competição segue para as oitavas de final com tabela desequilibrada

Foto: Reprodução/Agência Brasil

A grande competição europeia de 2020, que começou na segunda semana de junho de 2021, devido à pandemia da covid-19, está altamente competitiva e gera dúvidas nas previsões entre torcedores e fãs de todo mundo que acompanham.

 

A competição claramente tem um desequilíbrio na tabela final. De um lado estão as seleções mais fortes do continente europeu (Portugal, França, Bélgica, Itália e Espanha) e do outro, as equipes com menor probabilidade de passar (País de Gales, Dinamarca, República Checa e Ucrânia.

 

Destaques das oitavas de final 

 

  1. Portugal X Bélgica

 

Quem tem mais chance? Portugal, a última seleção ganhadora da Euro ou a Bélgica, seleção que chegou a semifinal Copa do Mundo em 2018? Essa partida promete ser a mais competitiva das oitavas de final da Euro 2021 e para os que gostam de prever resultados, deve gerar controvérsias.

 

  1. França x Suíça

 

A última ganhadora da Copa do Mundo e com segunda posição pela classificação da FIFA, França, enfrenta a Suíça nas oitavas de final da Euro, o que deve ser uma tarefa fácil. Historicamente a França não tem a tendência de perder para a Suíça, que nunca ganhou a competição.

 

  1. Inglaterra x Alemanha

 

A Inglaterra está em quarto lugar na classificação da FIFA e apesar de não ter sido estrela na Copa do Mundo de 2018, é uma equipe histórica no futebol, com uma lista de grandes jogadores conhecidos globalmente como David Beckham, Harry Kane e Rooney.

 

Os ingleses são os campeões do momento, as duas equipes da final disputada na Liga dos campeões foram inglesas, Chelsea e Manchester City. Isso nos lembra da potência da nação inglesa no futebol e do fato de que ela pode surpreender. Além disso, a Inglaterra no momento tem os três jogadores mais caros do mundo, o que mostra que o investimento no futebol não é um problema no país.

 

Já a Alemanha acumula quatro copas do mundo, a mais próxima a passar a seleção brasileira com cinco troféus. Por outro lado, a forte e conhecida Alemanha que venceu o Brasil em 2014 por 7×1 não está na sua melhor fase atual.

 

Desde a campanha da Copa do Mundo de 2018 a seleção alemã não apresenta um bom futebol e voltou a decepcionar seus torcedores na terceira rodada das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022. A equipe perdeu de 2 a 1 para a Macedônia do Norte, o 65º país no ranking da Fifa, por isso os alemães não vão para a Copa do Mundo no Catar.

 

Das equipes que podem surpreender, a Holanda, com a estrela Memphis Depay, atualmente no Barcelona, se mostra potente e deve passar pela República Checa nas oitavas, enfrentado ou o País de Gales, ou a Dinamarca nas quartas. A seleção laranja vem de mais uma vitória conquistada em Amsterdam e confirma os 100% de aproveitamento, venceu seus três jogos e avança às oitavas de final para o mata-mata.

 

É difícil apostar em quem vai para a final da Euro, mas o ex- jogador da Chapecoense, Jakson Follman, arrisca que os dois times favoritos são a Bélgica e a França. “Ambas tem mostrado muita força, inclusive as duas ganharam do Brasil recentemente”, analisa o goleiro.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAcidente de trabalho: homem morre prensado em moinho
Próximo artigoBarça ou Liverpool? Transferência de Renato Sanches está próxima de acontecer