Quase um mês após crime, caminhonete SW4 de Carlos Fávaro é recuperada na Bolívia

Veículo foi localizado após comunicado feito por um prefeito da fronteira

Foi recuperada e entregue ao candidato ao Senado e ex-vice-governador, Carlos Fávaro (PSD), na última sexta-feira (14), a caminhonete Toyota Hilux SW4, de cor preta, que havia sido roubada no dia 16 de agosto, quando o candidato chegava para uma sabatina no LIVRE. Segundo as informações apuradas pela reportagem, o veículo foi encontrado pelas autoridades da Bolívia.

O carro de Fávaro foi localizado no início do mês e apresentado pelo motorista do candidato, José Carlos Guimarães Martins, na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), em Cuiabá.

O carro só foi localizado depois que um prefeito de cidade na fronteira, que não quis ser identificado, comunicou o prefeito de San Matías, na Bolívia, sobre o roubo. As autoridades bolivianas foram procuradas porque já era uma suspeita de que a SW4, assim como acontece com outros veículos, pudesse ter sido levada para o país vizinho.

Após buscas, a polícia boliviana, então, recuperou a SW4. O prefeito foi pessoalmente retirar o veículo no local indicado.

O registro de recuperação do carro foi feito em boletim de ocorrência, datado em 12 de setembro, após abordagem ao veículo no município de Cáceres (220 km da Capital). A SW4 foi levada para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), onde a delegada Cínthia Gomes da Rocha Cupido determinou a transferência do carro para Cuiabá.

Em outro documento, consta que o carro foi recebido na Derrfva no dia 14 de setembro, última sexta-feira, pelo delegado Marcelo Martins Torharcs. Ele também determinou a baixa do veículo da Base Nacional de Dados.

Nos documentos, consta ainda que o carro foi encontrado sem placas. Ele deverá ser encaminhado para o Detran para emplacamento após ser finalizada toda a documentação junto à Polícia Civil.

O roubo

O crime aconteceu na tarde do dia 16 de agosto, quando o motorista do ex-vice-governador e candidato ao Senado, Carlos Fávaro, foi surpreendido minutos após deixá-lo no LIVRE para sabatina.

Conforme a reportagem apurou, o motorista, identificado como José Carlos Martins, o “Carlão”, permaneceu no veículo por cerca de 10 minutos, até que foi abordado pelos criminosos. Eles chegaram em um veículo Renault Duster, de cor Prata, e fecharam a SW4 na rua.

Em poucos segundos, um dos assaltantes desceu do veículo com uma mochila preta e, dela, sacou uma arma. Segundo o relato de Carlão, o bandido chegou a puxar o gatilho, mas o revólver não disparou. O motorista, então, foi obrigado a deixar o veículo. Os assaltantes fugiram logo em seguida.

Para conferir a narrativa e o vídeo do momento do assalto, clique aqui.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTCU libera publicação de edital para privatizar Ferrovia Norte-Sul
Próximo artigoJayme tem 36%, Leitão 21% e Procurador Mauro 20%

O LIVRE ADS