Quase 65% dos prefeitos cancelaram festas de fim de ano e Carnaval

Pesquisa também mostrou que somente 18,3% das prefeituras instituíram o passaporte da vacina, até o momento

(Foto: Freepik)

Quase 65% dos prefeitos brasileiros decidiram cancelar festas de fim de ano por conta da pandemia da covid-19. Quando o assunto é o Carnaval de 2022, esse percentual é de 64,3%.

Os dados são da 32ª edição da pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) sobre a situação da covid-19 no Brasil. A entidade obteve respostas de 2.662 gestores na semana de 6 a 9 de dezembro.

Sobre a realização de eventos de réveillon abertos ao público neste ano, 64,7% (1.723) dos prefeitos ouvidos decidiram que não haverá festas. Em 11% (292) das cidades, os eventos seguem confirmados. E em 23,6% (627), a questão está indefinida.

Quanto ao ao Carnaval, o cenário é semelhante. Por ora, 64,3% (1.712) dos municípios informaram que não vão organizar eventos públicos, enquanto 1,4% (38) estão prevendo a realização da festa e 33,2% (883) ainda não decidiram.

Passaporte da vacina

A pesquisa também mostrou que somente 18,3% (488) das prefeituras instituíram, por decreto ou recurso similar, a obrigatoriedade da vacina para frequentar lugares públicos e privados na cidade.

No questionário, 79,7% (2.121) dos prefeitos responderam que não adotaram tal medida.

Apesar disso, o uso de máscaras segue em vigor em 98% (2.608) dos municípios. Medida válida para os ambientes privados. No caso de locais públicos, o percentual da obrigatoriedade de uso foi de 85,6% (2.279).

Dos gestores participantes da 32º edição da pesquisa da CNM, 92,7% (2.469) afirmaram que pretendem manter a obrigatoriedade da máscara, mesmo que toda a população do município esteja vacinada.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSTF desbloqueia R$ 4 milhões para Prefeitura de Cuiabá pagar supermercado
Próximo artigoFort Atacadista doa 10 toneladas de alimentos perecíveis para três instituições filantrópicas de Cuiabá