Quadrilha entra em confronto com a Rotam e cinco suspeitos morrem alvejados

Confronto com equipes da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas) aconteceu na Estrada do Manso, em Cuiabá.

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma quadrilha formada por ao menos cinco pessoas foi surpreendida no início da noite dessa quarta-feira (30) em um confronto com equipes da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas) na Estrada do Manso, em Cuiabá.

Conforme o boletim de ocorrência, as equipes estavam em rondas na região do Bairro Morada da Serra, em Cuiabá, quando uma pessoa bastante amedrontada informou que suspeitos participantes de uma facção criminosa estavam planejando um crime.

Segundo a denúncia, a quadrilha teria sido a responsável pelo latrocínio de um idoso de 62 anos em frente ao Banco Itaú da Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, no dia 1º de outubro deste ano.

A nova ação aconteceria em uma região de chácaras próxima ao Manso e, ainda conforme a denúncia, a quadrilha estava em um veículo vermelho e um VW Gol branco.

Duas equipes da Rotam foram em direção ao local indicado na denúncia e encontraram os carros citados pela pessoa. Eles tentaram parar os veículos, mas os suspeitos iniciaram uma fuga em alta velocidade.

Um terceiro carro que acompanhava o grupo acabou saindo da pista e três suspeitos desceram, todos armados e, segundo o boletim de ocorrência, apontando as armas para os policiais.

A equipe da Rotam, então, atirou contra os três suspeitos. Dois homens que ainda estavam no carro tentaram fugir, mas deram de frente com outra equipe da Rotam e também apontaram armas para os policiais, que, mais uma vez, reagiram atirando.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas devido ao estado crítico dos suspeitos, eles foram socorridos pelos policiais no próprio VW Gol que dirigiam.

Uma ambulância do Samu cruzou com os policiais no caminho para o hospital, constatou a morte de três suspeitos e que dois ainda tinham sinais vitais. Eles foram levados para o Pronto-Socorro de Cuiabá, mas morreram no caminho.

Com os suspeitos foram encontradas quatro armas (uma delas pertencente à Polícia Militar, furtada em 2017), um simulacro de pistola e um pacote de braçadeiras, comumente utilizada para amarrar vítimas.

Os suspeitos no carro vermelho conseguiram fugir. Os mortos em confronto foram identificados como Lucas Matheus Campos Arce, 21 anos, Vanderson da Conceição Ferreira, 33 anos, Francisco Júnior de Carvalho, 32 anos, Kelvin Dias Nascimento, 23 anos, e Bryan Christian Rodrigues Pinheiro, 19 anos.

Armas apreendidas com os suspeitos (Foto: PMMT)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEste vídeo sobre a idade da Terra mudará por completo sua perspectiva do tempo
Próximo artigoMulher sai com segurança que conheceu em bar e é agredida e estuprada