PV e PCdoB indicam nomes a governo e Senado para federação dividida

Ex-reitora da UFMT, Maria Lúcia Cavalli, vai tentar candidatura ao governo e a primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro ao Senado

PV e PCdoB, integrantes da federação com PT, apresentaram os nomes indicados que vão disputar o voto do grupo para concorrer nas eleições 2022. A ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli (PCdoB), tentará concorrer ao governo. A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), tentará campanha ao Senado. 

Os nomes foram definidos quase um mês após o anúncio do PT de seus representantes para os mesmos cargos. O professor Domingos Garcia foi escolhido para representar o partido ao governo e a ex-vereadora Enelinda Scalla, ao Senado. 

Os partidos devem se reunir na próxima sexta-feira (24) para votar em federação quem vão representar os integrantes da federação. Os quatro indicados da lista vão ser apresentados isoladamente, sem a articulação entre as siglas. 

A situação que prevalece é de desentendimento. O PT tem desacordo até mesmo dentro do grupo, entre os deputados estaduais Valdir Barranco e Lúdio Cabral. Lúdio se antecipou à agenda partidária e lançou seus próprios candidatos, que foram derrotados no Encontro de Táticas Eleitorais, no fim de maio. 

Quanto aos outros componentes da federação, o conflito levou à desistência do vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa, de tentar articular sua candidatura ao governo. Ele alegou na época que as conversas interpartidárias estavam contraditórias. 

A indicação de Márcia Pinheiro para o Senado chegará ao encontro da federação com o apoio dele e do secretário de Esportes, Aluízio Leite, ambos do PV. Na articulação ao governo, a preferência deles deverá pela professora Maria Lúcia Cavalli. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%
Próximo artigoAdolescente denuncia padrasto após assistir palestra sobre violência sexual na escola