PV confirma vice de Wellington Fagundes em convenção

Partido muda de rumo e abandona aliança de Mauro Mendes

(Foto: Victor Cabral/O Livre)

O PV aprovou, em convenção realizada na tarde deste sábado (4), a advogada Sirlei Theis como candidata a vice-governadora na coligação que será encabeçada por Wellington Fagundes (PR). Com isso, o partido deixa a aliança do candidato Mauro Mendes (DEM).

“Wellington Fagundes ofereceu a vice ao PV e os convencionais decidiram abraçar essa ideia. Escolhemos a doutora Sirlei para nos representar na chapa majoritária”, afirmou o presidente do PV em Mato Grosso, José Roberto Stopa, que é secretário de Serviços Urbanos em Cuiabá.

Stopa disse que Wellington fez propostas que trazem crescimento ao PV e concordou que o partido interfira no plano de governo para incluir propostas relacionadas à sustentabilidade. Ele disse que informou Mendes sobre a mudança de coligação por telefone, antes da convenção.

Com a definição, o PV se consolida na oposição a Pedro Taques (PSDB). A sigla esteve no arco de alianças que elegeu o governador em 2014. “O atual governo comete algumas falhas estruturais. Não fez algumas reformas necessárias que deveria ter feito no início da gestão e talvez esteja pagando o preço por isso com a rejeição. Respeitamos o atual governo, mas vamos estar em lados opostos”, disse Stopa.

Nesta manhã, a advogada havia confirmado ao LIVRE que tinha sido convidada para ser vice de Wellington, mas disse que deixaria a decisão nas mãos do partido. Sirlei foi adjunta da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) na gestão de Diógenes Curado e no primeiro ano do Governo Pedro Taques, e agora terá o ex-secretário como coordenador de campanha.

“Minhas bandeiras principais são defender a Segurança Pública e os servidores. Tudo o que estava no meu plano de ação será levado para o plano de governo. Eu conheço a máquina e sei o que funciona e o que não funciona”, afirmou a candidata a vice-governadora em seu discurso.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS