Punição dobrada a corruptos

Projeto prevê que crimes contra a administração sejam punidos de forma mais severa quando praticados em caso de calamidade

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) manifestou seu apoio integral ao projeto de lei que prevê punição dobrada para os crimes contra a administração pública. A proposta é que a medida seja adotada quando a prática criminosa ocorrer em ocasião de calamidade pública, como a vivida por conta da pandemia do novo coronavírus.

Para o deputado, o ideal seria que as penas para este tipo de crime fossem maiores durante qualquer período e esta pode ser uma discussão no Parlamento.

A proposta, assinada por diversos deputados federais está pronta para seguir ao plenário e Barbudo espera que isso ocorra o mais rápido possível.

“Estamos vivendo um momento muito difícil sob todos os aspectos. Imaginar que pessoas possam se aproveitar disso para roubar o dinheiro que é da população me causa uma revolta profunda”.

Entre as justificativas do projeto está o fato de que a situação de calamidade fez com que diversas regras de fiscalização por parte do Poder Público fossem flexibilizadas ou suspensas, como no caso das compras de insumos para detecção e combate à doença.

LEIA TAMBÉM

O parlamentar lembra ainda que desde a decretação do estado de calamidade, diversas investigações já foram abertas pelos órgãos de controle. Todas devido a indícios de crimes contra a administração pública.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTratamento para casos graves
Próximo artigoIgreja católica no Centro Histórico de Cuiabá é arrombada e furtada