Publicidade irregular

Ministério Público Eleitoral diz que o deputado federal Neri Geller tem usado outdoors para incutir sua imagem ao eleitor

Deputado Neri Geller (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) que o deputado federal Neri Geller (PP) seja punido por campanha antecipada. 

O procurador Erich Raphael Masson, autor da ação, diz que o parlamentar tem usado outdoors espalhados por Cuiabá e Várzea Grande para autopromoção. O modo de exposição seria vetado pela legislação eleitoral. 

“A peça publicitária impugnada divulga o nome e retrato em proporções exacerbadas, com o objetivo nítido de angariar votos, apoio político e insculpir na memória do eleitorado sua imagem”, disse o procurador. 

Geller é pré-candidato ao Senado. Recentemente, seu adversário mais direto na disputa, senador Wellington Fagundes (PL), também foi alvo de ações eleitorais por propaganda antecipada. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLula fala em regulamentar Instagram, TV e imprensa digital
Próximo artigoAnvisa orienta hospitais sobre casos de varíola dos macacos