PSDB pode ter chapa pura com Taques ao governo e ex-presidente da Famato de vice

Entidades do agro indicaram Rui Prado como candidato a vice-governador

(Foto: Assessoria)

O ex-presidente da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato) Rui Prado (PSDB) foi indicado por diversas entidades do agronegócio como candidato a vice na chapa do governador Pedro Taques (PSDB). Ele se mostrou disposto a aceitar o convite em reunião neste sábado (4), na casa do governador. No entanto, disse que iria conversar com família e alinhar alguns detalhes antes de bater o martelo.

Além disso, o nome do vice ainda está sendo apresentado aos partidos aliados, que darão resposta se aprovam a composição. Se a articulação se confirmar, ele abandonará o projeto de candidatura a deputado federal. Essa será a segunda eleição de Prado, que concorreu ao Senado pelo PSD nas eleições de 2014 e ficou em terceiro lugar, com 137 mil votos, na coligação que teve José Riva e depois Janete Riva como candidata a governadora.

Com isso, o PSDB pode concorrer com chapa pura para o governo estadual, a ser confirmada na convenção na manhã deste domingo (5). O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) e a juíza aposentada Selma Arruda (PSL) completam a chapa majoritária como pré-candidatos ao Senado.

O PSL chegou a indicar o vice-prefeito de Lucas do Rio Verde Sílvio Favero como candidato a vice-governador na chapa do tucano.

Taques vem procurando um novo vice do agronegócio desde que seu ex-vice, Carlos Fávaro (PSD), rompeu com ele e renunciou ao cargo. Ele sondou nomes como o do ex-ministro da Agricultura Neri Geller (PP), do empresário Roberto Dorner (PSD) e do deputado federal Adilton Sachetti (PRB) para a vaga.

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Vixxxeeee!!! PSDB de novo em MT? NÂO chega desses ladrões de merenda. São tão egoístas que querem o governo e a vice governadoria também. Nem migalhas vai sobrar para os aliados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPR aprova apoio a Alckmin na disputa presidencial
Próximo artigoEm convenção do PSB, Taques dá prévia da campanha: “Taques não vai conseguir e hoje estamos aqui”