PSDB de saída (do governo)

Presidente estadual, deputado Carlos Avallone, diz que o partido busca um nome ao governo para representá-los em 2022

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A tendência do PSDB em Mato Grosso é deixar a base do governador Mauro Mendes nos próximos meses.

O presidente do diretório, deputado estadual Carlos Avallone, diz que o partido busca um nome próprio para concorrer ao governo em 2022, por uma questão de sobrevivência do grupo. 

O PSDB tenta se recuperar da eleição com resultados negativos saídos da urna. A sigla não conseguiu reeleger Pedro Taques ao governo, em 2018, e nem Nilson Leitão para o Senado. 

Na Assembleia Legislativa, perdeu duas cadeiras e para a Câmara Federal os nomes escolhidos não receberam votos suficientes para nenhuma das oito vagas. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDoria elogia gestão que “une agro e sustentabilidade” de Mauro Mendes
Próximo artigoCaso BRT: Emanuel Pinheiro diz empreiteiras não serão “bem-vindas”