Projeto realiza oficinas e apresentações de danças folclóricas na Baixada Cuiabana

Vai ter siriri e chorado, além de oficinas que promovem imersão pela cultura popular de MT

Foto: Magdiel Ribeiro

No dia 31 de agosto começa a circular por cidades da Baixada Cuiabana o projeto “Aí dança quem dança, quem não dança venha ver”, que realizará oficinas gratuitas de manifestações folclóricas e apresentações de danças da cultura popular tradicional de Mato Grosso, como o siriri e o chorado. As atividades serão desenvolvidas na Feria Social da Agricultura familiar, próximo à rodoviária da cidade, a partir das 18h30.

O projeto executado pela Associação das Manifestações Folclóricas de Mato Grosso foi contemplado pelo edital Circula MT, da Secretaria de Estado de Cultura, cujo circuito contemplará ainda a população de Chapada dos Guimarães, Nossa Senhora do Livramento, Várzea Grande e Santo Antônio do Leverger.

“A iniciativa vem de encontro a um dos principais anseios dos municípios mato-grossenses, proporcionando o acesso gratuito a bens culturais em regiões com pouco, ou nenhuma oferta cultural”, ressaltam os membros da associação. O grupo é composto por adolescentes e adultos num total de 45 integrantes que se dividirão entre as apresentações e oficinas.

As atividades culturais em Poconé terão apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Assistência.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisa da CNI mostra que otimismo do consumidor aumenta
Próximo artigoTinga e Ratinho pedem votos em MT