Projeto prevê que governo “indenize” empresários pelos prejuízos do lockdown

Redução ou suspensão de impostos equivalente aos dias em que as atidades econômicas ficaram paralisadas estão entre as possíveis medidas

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

Deputados federais vão votar um projeto de lei que obriga o poder público a dar compensações fiscais ou econômicas para as atividades afetadas por decreto de isolamento social, como os da pandemia novo coronavírus. 

O projeto de lei sugere medidas como dedução fiscal, suspensão de cobranças de impostos e outros mecanismos econômicos. Eles seriam aplicados ao período em que os estabelecimentos comerciais ficaram restringidos ou totalmente paralisados, via ordem direta dos governos. 

“Diversos entes federativos estabeleceram uma série de ações que impuseram grandes ônus à atividade econômica, sem a prévia análise dos impactos. A suspensão ou restrição de setores, sem o estabelecimento de contrapartidas, representou um duro golpe à nossa já combalida economia”, diz o deputado Nicoleti (PSL-RR), autor da proposta. 

Segundo ele, o objetivo das contrapartidas “é manter o equilíbrio econômico e financeiro” entre o Estado e as pessoas físicas e jurídicas afetadas pela suspensão das atividades. 

A proposta semelhante foi feita por vereadores em Cuiabá, em 2020 e 2021, mas os textos estão parados na Câmara dos Vereadores.  

O projeto federal entrará para análise conclusivo nas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJuiz manda Defensoria Pública pagar VI a Valtenir Pereira durante mandato
Próximo artigoAnvisa libera Coronavac para crianças e adolescentes