Projeto cria programa de saúde mental no SUS em razão da pandemia

Senador afirma que o isolamento social afastou pessoas com problemas de saúde mental de psiquiatras e psicólogos

(Foto: ikurucan/Depositphotos)

Um projeto de Lei quer obrigar o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio da rede de atenção psicossocial e de unidades básicas de saúde, a manter um programa específico para tratar vítimas de problemas mentais decorrentes ou potencializados pela pandemia de covid-19.

Autor do projeto, o senador Acir Gurgacz argumenta que o isolamento social afastou as pessoas com problemas de saúde mental não só de familiares e amigos, mas também de psiquiatras e psicólogos.

O texto já foi aprovado pelo Senado e agora tramita na Câmara dos Deputados e prevê, sempre que possível, o atendimento virtual.

O projeto obriga a União a destinar recursos para os fundos de saúde de Estados, municípios e do Distrito Federal. O dinheiro deverá ser usado na ampliação dos serviços, com contratação de pessoal especializado e compra dos equipamentos necessários para o atendimento remoto.

Por fim, a proposta ainda obriga operadoras de planos de saúde privados a também ofertarem serviço de atenção à saúde mental voltado aos efeitos da pandemia, nos mesmos moldes do que será feito no SUS.

LEIA TAMBÉM

(Com Agência Câmara)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresas podem ficar de fora da dívida ativa durante a pandemia
Próximo artigoFachin vota novamente pela anulação de condenações de Lula