Programa de combate a perdas de água percorre bairros da capital

Trabalho realizado por técnicos da Águas Cuiabá inclui pesquisa de vazamentos em tubulações e ligações

Enquanto cidades brasileiras amargam as consequências da falta de saneamento básico – ou da fragilidade dos sistemas existentes – a capital mato-grossense vive uma nova fase no que se refere aos serviços de água e esgoto. O município, que dispõe de cobertura de abastecimento em todas as suas áreas regularizadas, passa, desde 2017, por constantes melhorias no serviço, resultantes do aumento de produção de água tratada e do ganho de qualidade gerado pela fluoretação de 100% do volume distribuído. O atual desafio é reduzir o índice de perdas, fator que depende do combate às fraudes (gatos) e aos vazamentos. Por esta razão, equipes da Águas Cuiabá estão em campo realizando, neste momento, pesquisas em tubulações e ligações, que são seguidas de reparos ou substituições de estruturas, quando detectada a necessidade.

No momento, quatro equipes técnicas se dividem na verificação das estruturas de abastecimento das regiões central e oeste da cidade, incluindo bairros como o Quilombo e o Ribeirão do Lipa. “Do início de maio até agora já localizamos mais de 300 vazamentos, sobretudo nas localidades que possuem tubulações muito antigas. Mais do que reparar estruturas danificadas, a pesquisa de vazamentos colabora com nosso diagnóstico de perdas de água tratada, nos mostrando exatamente onde e como devemos atuar”, explica o gerente de Operações e Clientes, da concessionária, Mayckel Pereira.

O uso de tecnologia é um dos grandes aliados na pesquisa de vazamentos. Levantamento da Águas Cuiabá mostra que 50% deles são os denominados “não visíveis”. Para localizá-los, é necessário usar equipamentos como georradares, capazes de identificar, por meio de ondas, ocorrências em até oito metros de profundidade. Também são utilizados, durante os trabalhos, aparelhos de verificação chamados geofone.

Ao constatar vazamentos, as equipes de pesquisa acionam os profissionais que irão realizar os reparos no menor tempo possível, com o objetivo de conter as perdas de água tratada e evitar novos rompimentos nas tubulações. “Nossos profissionais costumam trabalhar em duplas, mas pode ocorrer de checagens serem feitas por uma pessoa só. Nesse sentido, é importante frisarmos que as pesquisas têm, como limite, os cavaletes (hidrômetros), motivo pelo qual nenhum colaborador da Águas Cuiabá pedirá para entrar em uma residência ou comércio”, observa Pereira.

Até o momento, cerca de 450 quilômetros de redes de abastecimento de Cuiabá já foram pesquisados. Ainda esta semana, ações do Programa de Combate a Perdas serão realizadas em grandes avenidas da cidade, com a implantação dos Distritos de Medição e Controle (DMCs). Durante os trabalhos, o abastecimento a algumas localidades (lista abaixo) necessitará ser temporariamente interrompido.

SERVIÇO – Metodologia utilizada no combate  e redução de perdas, a implantação dos DMCs consiste em dividir uma rede de abastecimento de água em áreas, para realizar, rotineiramente, seu monitoramento e gestão a partir da macromedição dos sistemas. Com a técnica, é possível analisar e controlar com mais a eficiência os níveis de pressão e vazão de água em áreas de menor abrangência, contribuindo para redução das perdas em cada região.

Nesta quinta e sexta-feira, dias 28 e 29 de maio, a companhia inicia a instalação dos DMCs na região Centro-Sul. As Avenidas Carmindo de Campos, General Mello e Beira Rio serão as primeiras a adotarem o mecanismo de controle de perdas.

Para a implantação do DMCs, o fornecimento de água às localidades atendidas pelas redes de abastecimento do Sistema Sul (lista abaixo) ficará temporariamente interrompido.  A concessionária informa que as obras de melhorias vão começar às 7h30 e deverão ser finalizadas até às 19h, tanto na quinta-feira como na sexta-feira. Após a ação, o abastecimento retornará à normalidade, conforme ocorrer a pressurização da rede, medida que deverá estar concluída até fim do dia.

Confira, a seguir, a lista de bairros e os dias de impacto ao abastecimento:

  • Dia 28/05/2020: Praeirinho, Praeiro, Campos Elísios, Barbado
  • Dia 29/05/2020: Barbado, Campo Velho, Campos Elísios, Grande Terceiro, Jardim Califórnia, Jardim Europa, Jardim Paulista, Jardim Tropical, Praeirinho, Praeiro, R. Novo Praeiro, São Mateus, Jardim Kennedy, Jardim Petrópolis e Pico do Amor.

Informações: Clientes da Águas Cuiabá que necessitarem de atendimento e/ou informações sobre as obras de combate a perdas, podem ligar para o 0800 646 6116 ou enviar mensagem de Whats App para (17) 99641 3259.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIdosa vence o coronavírus e ganha homenagem em Cuiabá; entenda por quê
Próximo artigoClasse econômica no Estado

O LIVRE ADS