Professores começam a ser vacinados contra a Influenza a partir de segunda

E continua a imunização de idosos, crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde

(Foto: Divulgação/HUJM)

Os professores da rede pública municipal de Cuiabá começarão a ser vacinados contra os três tipos de Influenza (Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B) a partir de segunda-feira (17), em todas as unidades básicas de saúde, com exceção de alguns locais onde não há condições de fazer a separação entre os pacientes com suspeita de Covid-19 e os que vão ser vacinados (veja lista das exceções abaixo).

Mesmo com o novo público-alvo, os grupos compostos por idosos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde continuam sendo atendidos. A previsão é que a campanha aconteça até o dia 9 de julho.

A procura pela vacina tem sido baixa na Capital, mas a Prefeitura ressalta que as pessoas devem se atentar para a importância da imunização contra a gripe, pois ela também pode gerar hospitalização e até óbito.

Visando a segurança dos pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde montou toda uma estrutura de tendas nas unidades de saúde, para triagem dos pacientes e separação entre as pessoas saudáveis e que podem se vacinar daquelas que procuram as unidades com suspeita de covid-19.

As unidades que não terão vacina contra a gripe são: PSF Osmar Cabral / Liberdade, PSF Nova Esperança, PSF Pedra 90 lll e lV e PSF São Gonçalo, na região Sul; PSF Novo Horizonte e CS Ana Poupina, na região Leste; PSF Santa Amália /Jd. Araçá, PSF Santa Isabel I e II e PSF Santa Isabel III, na região Oeste.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO que o aniversário de 23 cidades de MT tem a ver com a disputa pela floresta amazônica?
Próximo artigoPrefeito de SP, Bruno Covas, morre de câncer aos 41 anos