Professora de escola católica diz para alunos que Jesus seria “de esquerda”

A professora do ensino fundamental ainda fez criticas a Bolsonaro e acusou o presidente de supostamente ser fascista

Foto por: Mayke Toscano| Secom-MT

Um caso polêmico envolvendo o centro Educacional Católico, ligado à Universidade Católica de Brasília, aconteceu na sala de aula de uma turma do 9° ano do ensino fundamental. Na ocasião, uma professora disse aos alunos que Jesus seria “de esquerda”.

O episódio ocorreu em 16 de junho, mas só recentemente ganhou notoriedade. De acordo com a reportagem da Gazeta do Povo, a professora se denomina como sendo de “de esquerda” e “feminista”.

Na ocasião da aula, a professora teria falado por volta de 45 minutos em uma palestra onde pregou sua cartilha ideológica dentro do colégio católico.

Jesus “de esquerda”

De acordo com o dito pela professora, se Jesus cristo estivesse vivo seria socialista e viveria entre pessoas de esquerda.

A docente tentou argumentar ainda que Jesus lutava pelo social enquanto conservadores seriam pessoas egoístas.

“Se Cristo nascesse hoje e vivesse entre nós, ele com certeza seria de esquerda, não de direita. Porque o movimento esquerdista luta pelo social, luta pela igualdade. Tanto que defende todas as formas de famílias constituídas. E o movimento de direita, o conservadorismo de direita, a família para eles é pai, mãe e filho”, disse a professora.

Bolsonaro fascista

Não se atendo apenas as questões religiosas, a docente virou sua irá também ao presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo com ela, o presidente seria um fascista.

A mulher defendeu que o lema de Bolsonaro por si só já seria um bordão que o classificariam como um simpatizante do regime totalitarista adotado na Itália no século passado.

“Você já ouviu aquela expressão, Deus acima de todos? Já ouviram? Essa expressão é uma expressão fascista, tá?”, disse a professora, fazendo alusão a Bolsonaro.

Posicionamento do colégio

Até o momento o colégio ainda não se posicionou publicamente sobre o trabalho e aula da professora.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLei seca: 15 pessoas são presas por dirigir embriagadas em VG
Próximo artigoMT democratiza acesso a crédito e atrai mais empresários