Professora de creche em Cuiabá é acusada de agredir criança de cinco anos

Ao ser levada para a creche, a menina abraçava a mãe, dizia que não queria ficar e que tinha medo de morrer

Uma professora da Creche Municipal Portal da Fé, no Bairro Pedra 90, em Cuiabá, está sendo acusada de agredir uma aluna de cinco anos.

A mãe da menina registrou um boletim de ocorrência contando que, ao levar a filha para a creche, ela a abraçava, não queria ficar e dizia que tinha medo de morrer.

Segundo relato da mãe, a professora já deu um tapa e beliscou a criança.

Preocupada, a mãe procurou a psicóloga da creche e começou a observar que outros alunos tinham a mesma reação que a filha dela, de também não querer ficar.

Ela conversou com as mães desses alunos e, juntas, resolveram conversar com o diretor.

Na reunião, o diretor afirmou para as três mães presentes que também havia reclamações contra a professora no período matutino.

Ela então resolveu registrar um boletim de ocorrência contra a professora.

O que diz a Secretaria de Educação?

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que já estava ciente e acompanhando a situação. Nessa quinta-feira (5), a professora foi desligada da unidade.

Além do afastamento, a equipe da coordenadoria de Gestão e Legislação esteve na Escola orientando os gestores.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDiretor denuncia tragédia familiar em filme no Cine Teatro: o assassinato da mãe
Próximo artigoPais procuram a Justiça para conseguir matricular filha com microcefalia na escola