Procurando o que assistir? Temos uma lista com as mães mais sinistras do cinema

Agora que o Dia das Mães já passou, tudo bem assistir esses filmes e séries

(Foto: Reprodução)

O Dia das Mães passou e, justamente por isso, agora podemos reproduzir essa lista de lista de filmes e séries inspirados em matriarcas que não são exemplo para ninguém.

Se você é do tipo que curte suspense, essas dicas do AdoroCinema são ótimas opções para o fim de semana.

1. The Act

A parte mais surpreendente dessa série é que ela foi inspirada em uma história real. Trata-se da vida de uma garota – Gypsy – que, segundo sua mãe, sofria de leucemia, asma, distrofia muscular e várias outras doenças, incluindo algumas mentais.

O problema é que a garota era completamente saudável e quando isso vem à tona, Dee Dee Blanchard, a mãe é encontrada morta em casa.

O crime foi orquestrado pela própria filha e, claro, chocou o mundo.

Não tem tempo ou disposição para assistir uma série, mas ficou interessado? O documentário “Mamãe Morta e Querida” também conta essa história.

2. Boa Noite, Mamãe

O filme é austríacos e conta a história de uma mulher que passa por uma cirurgia plástica que, pelo que se nota, mudou mais que sua aparência.

Quando ela volta para casa, para conviver com seus filhos gêmeos, suas atitudes assustam os meninos. A mãe carinhosa e amável não era mais a mesma.

Não vamos dar spoilers por aqui, mas já adiantamos que o filme é cheio de reviravoltas.

3. Psicose

Esse é um clássico e, se você ainda não viu, não pode deixar passar mais nenhum dia.

Se num primeiro olhar Norman Bates parece ser o protagonista, a verdade é que sua mãe, Norma, é que é a verdadeira “estrela” do filme.

Na descrição do AdoroCinema, o que ela “é capaz de fazer a cabeça de seu filho, até mesmo depois de morta, é realmente impactante!”.

E para quem gosta de séries, fica a dica de que “Bates Motel” foi inspirada nessa obra prima de Alfred Hitchcock.

4. Cisne Negro

Não tão macabro quanto os outros filmes já citados aqui, “Cisne Negro” pesa mais para o lado psicológico da relação entre mãe e filha.

A história mostra com a superproteção e cobranças excessivas em relação ao futuro podem ser mais prejudiciais que benéficas.

No caso específico da personagem principal, uma cobrança mais profunda do que se pode imaginar, já que sua “missão” é, justamente, substituir a mãe.

5. Carrie, a Estranha

Uma mãe superprotetora também o elemento central desse filme. Mas a mãe de Carrie também é extremamente religiosa.

A história toma um rumo diferente quando Carrie – até então, frágil por conta de todo o bullying que sofria na escola e maus-tratos que passava em casa – descobre poderes telecinéticos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDificuldade para dormir durante a pandemia? Poder ser a falta de abraços
Próximo artigoApós fugir de UPA, homem com covid-19 é preso ao pedir carona