Procura-se Bosaipo

Oficial de justiça registrou que nunca consegue encontrá-lo em casa

(Foto: Marcos Bergamasco/TCE)

Um servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) parece ter se irritado com as diversas tentativas de localizar o ex-deputado estadual e ex-conselheiro do Tribunal de Contas, Humberto Bosaipo. O ex-político responde a diversas ações na Justiça e, quando precisa ser intimado, dificilmente é encontrado.

Na movimentação processual de uma ação cível, o oficial registrou que esteve em um endereço cadastrado como sendo o de Bosaipo, no bairro Santa Cruz II, em Cuiabá, mas que não foi atendido.

Segundo o servidor, a procura pelo ex-conselheiro foi feita em dois dias alternados, pela manhã. Ele afirmou que na casa não há interfone e que a construção seria longe do portão, o que dificultou a visibilidade.

Ainda conforme o oficial de justiça, Bosaipo não tem vizinhos e tão pouco atende o telefone cadastrado no processo. Ele escreveu ainda que “já esteve várias outras vezes a procura do requerido no endereço e nunca foi atendido”.

O caso foi registrado nessa segunda-feira (30), em um processo no qual Bosaipo é réu por um rombo de R$ 2,2 milhões causado na Assembleia Legislativa. O esquema teria acontecido por meio de fraudes em licitações envolvendo empresas “fantasmas”.

Leia também

Procura-se Gilmar

Juíza rejeita recurso de Bosaipo e mantém condenação por 11 crimes

Juiz cita crise no Estado como consequência e condena Bosaipo por desvio de dinheiro

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS