Privatizações: Supremo libera venda de refinarias da Petrobras

Ao todo serão oito refinarias vendidas, o que deve render R$ 80 bilhões à Petrobras

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou a venda das refinarias da Petrobras sem prévia autorização do Congresso Nacional. A votação aconteceu na tarde dessa quinta-feira (1º) e o placar foi de 6 votos a favor e 4 contra as vendas.

O governo planeja vender 8 das 13 refinarias até 2024, ou seja, metade da capacidade de refino de petróleo da empresa. A privatização deve render aproximadamente R$ 80 bilhões que deverão ser investidos na exploração do pré-sal.

Votaram a favor da privatização os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Luiz Fux. E votaram contra os ministros Fachin, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAtor Paulo Betti xinga Adélio Bispo de “desgraçado” por não ter conseguido matar Bolsonaro
Próximo artigoO declínio das redes sociais: campanha deve ser mais “tradicional” na pandemia