Prisão de ex-ministro: Cattani diz que Bolsonaro é “envolvido em narrativas” não comprovadas

Deputado estadual acredita que investigações devem continuar, mas acredita que presidente não está envolvido com o caso

(Foto: Ednilson Aguiar / O Livre)

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) defendeu a investigação da Polícia Federal que resultou na prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, nesta quarta-feira (22).

Segundo ele, a PF apura indícios de fraudes no Ministério da Educação (MEC) e quem tiver culpa deve ser cobrado.

O pastor é ex-ministro Milton Ribeiro foi preso no início da manhã de hoje em operação da PF. É ele investigado no caso de influência de outros pastores evangélicos em conseguir verba no MEC, durante a sua gestão.

Naquela ocasião, ele também foi denunciado por prefeitos que o acusavam de pedir dinheiro para liberar verbas da Educação.

Questionado sobre o suposto pedido de Bolsonaro para o ex-ministro para receber pastores, Cattani afirmou que o presidente tem sido “envolvido em narrativas” que não teriam sido comprovadas.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCachorro é flagrado assistindo aula de química em Belo Horizonte
Próximo artigoForagido de MT por estupro contra homem com deficiência é preso no Pará