Previsão orçamentária de Cuiabá para 2019 é de R$ 2,3 bilhões, aumento de 5%

A LDO estabelece as metas e prioridades para o ano seguinte, sendo a base para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA)

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019 estima uma receita total de R$ 2,3 bilhões para Cuiabá no ano que vem, R$ 111 milhões a mais do que o orçamento aprovado para 2018, o que representa 5%. A LDO estabelece as metas e prioridades para o ano seguinte, sendo a base para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Para 2020, último ano de gestão de Emanuel Pinheiro à frente da Prefeitura de Cuiabá, a previsão é de R$ 2,4 bilhões e para 2021 é de R$ 2,5 milhões. Em 2017 a meta prevista era de R$ 2,2 milhões, sendo que foram executados R$ 2 bilhões, o que representa 9% a menos.

A previsão de incentivos fiscais para 2019 é de R$ 30.6 milhões, sendo R$ 21, 8 milhões do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), R$ 8, 1 de Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), e R$ 619, 2 mil de outras fontes.

Na última sexta-feira (29), a Câmara de Vereadores realizou a primeira audiência pública para debater a LDO. A previsão é de que o projeto seja apreciado em plenário até 17 de julho.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGCCO deflagra operação contra mandantes e executores de ataques a agentes penitenciários
Próximo artigoCarumbé, Pedra 90, Baú: saiba a origem curiosa dos nomes destes e de outros bairros da Capital