Presos fabricam 5,7 mil máscaras que serão doadas para hospital em MT

Máscaras foram fabricadas por 15 presos da Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop

(Foto: Assessoria)

O Hospital Regional de Sinop vai receber a doação de 5.733 máscaras fabricadas na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem). A produção é uma parceria entre o Lions Clube da cidade, o Conselho da Comunidade e a direção da unidade.

As máscaras foram fabricadas por 15 presos que trabalham no projeto Revida “Unidade Corte e Costura”. Os trabalhos foram iniciados há pouco mais de duas semanas.

O equipamento fabricado será utilizado como forma de prevenção ao coronavírus.

Além de ajudar no combate ao vírus, os 15 presos que trabalharam na confecção das máscaras têm a remição da pena. A cada três dias de trabalho, é um dia a menos na pena sentenciada.

Produção estadual

Em Mato Grosso, presos de 18 das 52 unidades penais de Mato Grosso estão confeccionando máscaras de tecido para os próprios presos, servidores, profissionais da segurança pública, asilos, creches, prefeituras, unidades básicas de saúde e hospitais.

São cerca de 130 presos trabalhando na produção

Além disso, o Conselho da Comunidade da Vara de Execução Penal de Cuiabá doou insumos para fabricação de 35 mil máscaras pelos presos do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto e Penitenciária Central do Estado (PCE), todas na capital. As máscaras são para presos, servidores e para doações.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Grilagem de terras indígenas”
Próximo artigoProfessores e alunos de máscaras: aulas devem voltar no dia 18 em VG