Preso que fazia lives de dentro da cadeia recebe benefício de semiaberto no RS

Rubens da Silva Costa ficou conhecido por fazer lives de dentro da unidade de alta segurança onde estava preso

(Divulgação)

O presidiário Rubens da Silva Costa, conhecido também pelo apelido de “Buga da Glock”, ganhou notoriedade ao fazer lives de dentro da penitenciária de alta segurança de Charqueadas (RS), onde estava detido.

Nas lives, Rubens agia como um YouTuber e mostrava um pouco da rotina de dentro da cadeia.

O preso conseguiu ter acesso a um celular mesmo estando dentro do presídio e através da rede móvel 3G realizava as lives que aconteciam com certa frequência.

Mesmo após a exposição do caso, no fim do ano passado, Buga recebeu agora o benefício da progressão de regime, sendo transferido do regime fechado para o semiaberto.

Agora Rubens poderá sair da cadeia durante os dias para trabalhar e só retornar na unidade prisional para dormir.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVídeo| Avião de pequeno porte faz pouso forçado em Canarana
Próximo artigoEleições 2020: termina hoje prazo para justificar ausência no 1º turno