Preso por porte ilegal, comerciante diz ter comprado arma para se defender

O suspeito alegou que o revolver seria para sua proteção durante o trabalho, em um carrinho de lanches

(Foto: Ilustração)

Em ronda pelo bairro Lixeira, uma equipe da Polícia Militar se deparou com um carro que consideraram suspeito estacionado em frente a um local conhecido como ponto de venda de drogas. O motorista estava parado conversando com uma jovem, que estava na calçada.

A PM, então, foi até os dois e, durante a busca pessoal no condutor do veículo, nada de ilícito foi encontrado. Porém, durante e revista do veículo foi encontrado no compartimento da porta do motorista um revólver da marca Taurus, calibre 38, com munições.

Ao ser questionado sobre o revólver, o suspeito alegou que seria para sua proteção, uma vez que ele é proprietário de um trailer de lanches localizado na avenida do CPA.

Como não tem permissão para o porte de arma, o homem foi encaminhado pelos policiais até a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom bolo de 100 kg, comerciante presenteia clientes de padaria há 21 anos
Próximo artigoConheça as Irmãs do Vale: as freiras que cultivam maconha com fins terapêuticos